Início Facebook Site E-mail

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

ESTOJOS DE BATOM COM O FORMATO DE ANIMAIS





O “Bestiário’ do batom existe e surpreende! Em primeiro lugar, não nos esqueçamos que vários tipos de gordura animal entravam na composição de diversos batons.
 Estojos de leitõezinhos, cisne majestoso, elefantes, camelo, cão, águia ou cegonha ilustravam o mundo do batom com muito senso de humor.

Se o leitão simbolizava a luxúria e a depravação, o cisne representava a pureza, a beleza e a nobreza. 




O elefante simbolizava força, prosperidade e longevidade. A águia representava a força celeste e a coragem, enquanto a cegonha simbolizava a piedade filial. Enfim, se o cão era percebido como símbolo de potencia sexual, por outro lado, o camelo representava a sobriedade e a temperança.

As aves inspiraram amplamente os criadores, especialmente Salvador Dali, pintor surrealista que trabalhou com moda nos USA nas décadas de 40 e 50. 




Ele desenhou um estojo feito de latão e banhado a ouro, fabricado pela Elgin (Maison americana de acessórios de moda e relógios). Este raro objeto de Dali que foi denominado de “Bird in Hand’ é a representação da cabeça de um pássaro, na qual está dissimulado um estojo de batom.

Não nos esqueçamos do gato, animal sagrado e venerado já na Antiguidade pelos Egípcios. Em 2008 e 2009, Paul & Joe, luxuosa Maison de prêt à porter, criou estojos de batom representando o nobre felino. 




Traduzido e Adaptado do livro "LÈVRES DE LUXE" de JEAN-MARIE MARTIN-HATTEMBERG por KRIS XIVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário