Início Facebook Site E-mail

sábado, 2 de março de 2013

ESTOJOS NOBRES E ESTOJOS MODERNISTAS




Modernidade, inovação, ergonomia... três exigências que os fabricantes de perfume e atores do mundo da beleza requerem para seus produtos.

Estojos com todos os tipos de abertura foram fabricados: com botões, giratórios assim como diversos tipos de patentes foram registradas resultando em estojos cilíndricos, cúbicos, depurados ou de vanguarda...



ESTOJOS NOBRES

A queda do Império russo em 1917 gerou diversos fluxos migratórios dentre os quais aquele constituído pela alta nobreza russa que refugiou-se na Europa e sobretudo em Nova York. Assim, príncipes de alta linhagem passaram a fazer negócios e alguns destes nobres começaram a assinar linhas de perfumes e cosméticos. Dois príncipes  da Geórgia se tornaram célebres no mundo da beleza de New York : George Matchabelli e o príncipe Gourielli.




Os estojos do príncipe Matchabelli tinham sempre sua assinatura em forma de coroa.  Alguns destes estojos possuíam um estilo tradicionalmente oriental, inspirado dos sinos e telhados das igrejas ortodoxas.

O príncipe Artchil Gourielli casou-se com Helena Rubinstein, em 1938, quando passou então a se interessar pelo mercado da beleza. O sucesso exemplar de sua esposa esteve ligado à criação de perfumes e cosméticos com seu próprio nome. Espetacular e surpreendente, o estojo de batom feito com prata massiva  e incrustações de safiras falsas lembra um champignon  estilizado
(que carrega uma evidente conotação fálica). Uma verdadeira provocação à América pudica e reacionária... 




Traduzido e Adaptado do livro "LÈVRES DE LUXE" de JEAN-MARIE MARTIN-HATTEMBERG por KRIS XIVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário