Início Facebook Site E-mail

quinta-feira, 18 de abril de 2013

BOURJOIS





BOURJOIS é uma das marcas mais antigas de maquiagem. Sua história se confunde, em seu início, com a dos teatros e dos cabarets parisienses. Os primeiros pós e perfumes desta marca foram criados pelo ator Joseph-Albert Ponsin, em seu próprio apartamento, para as atrizes dos teatros da capital francesa. Inicialmente os primeiros produtos da linha foram  fabricados em forma de sticks oleosos das mais variadas cores (os “Bâtons de Grime” que tinham nomes de personagens de teatro: O ciumento, O Egípcio, O Apaixonado, Romeu) não podemos esquecer também da famosa pomada “Blanc de Perles” que deixava a pele dos atores branca. 





 Ponsin se tornou fornecedor oficial dos teatros imperiais e a atriz Sarah Bernhardt era uma de suas clientes. A paleta inicial de maquiagem foi rapidamente evoluindo,  a finesse e a variedade dos produtos atraíram um sucesso que ultrapassou o universo artístico. Em 1868, Alexandre-Napoléon Bourjois, sócio de Ponsin, comprou a empresa passou então a se denominar a “Fábrica Especial de Produtos para a Beleza das Damas”. Uma clientela mais ampla foi atraída pela qualidade e diversidade dos produtos. Assim, os produtos Bourjois passaram dos placos dos teatros para as penteadeiras das citadinas.



A PARTIR DE 1863, BOURJOIS CRIOU UM PROCESSO ESPECÍFICO: NASCERAM OS PRODUTOS COZIDOS
 Em 1881, o primeiro blush em pó foi fabricado por Bourjois com um processo revolucionário em uma época em que os blushs eram cremosos e oleosos. Estes blushs cozidos começaram a ser fabricados com uma mistura de pó, água e pigmentos que é colocada para secar no forno para depois ser polida à mão para a obtenção de uma forma definitiva. Através deste sistema, é possível a obtenção de um pó fino, sedoso, transparente e delicado.




A QUALIDADE DOS PÓS BOURJOIS PREMIADA EM EXPOSIÇÕES UNIVERSAIS
 O pó de arroz de Java, lançado em 1879, destinado a clarear a tez e aveludar a pele é adotado imediatamente pelas mulheres e sua venda se estendeu ao grande público e em vários países. Uma usina a vapor foi construída em Pantin em 1891. Em 1897, a empresa vendeu 2 milhões de caixinhas de pó de arroz de Java.


1898: UM CATÁLOGO COM MAIS DE 700 REFERENCIAS E UM REFINAMENTO EM TODOS OS DETALHES!
 Sombras, blushes, pós de arroz, esmaltes, batons, mas também perfumes para lenços, sachets perfumados, dentifrícios, loção para os cabelos... até pomada húngara para fixar o bigode dos homens! A oferta de produtos de beleza era grande e cada produto era elaborado com grande cuidado e detalhadamente.

BOURJOIS PARFUMEUR, CRIOU ‘MON PARFUM’ E ‘SOIR DE PARIS’
A fragância de âmbar, flores e especiarias de Soir de Paris, elaborada por Ernest Beaux foi engarrafada em um frasco azul noite, que é sucesso atual entre os colecionadores. Nos Estados Unidos, ela foi batizada ‘Evening in Paris’ e causou um estrondoroso sucesso. Com Soir de paris, o luxo da burguesia se tornou acessível às classes médias que se desenvolveram nos anos 1930.




FANTASIA, ENERGIA, CRIATIVIDADE E PRODUÇÃO SUPERABUNDANTE!
 Nos anos 1930, Bourjois editou centenas de estojos Soir de Paris adaptados a todos os bolsos; estojos propondo uma oferta completa para a beleza feminina, da maquiagem ao perfume, em apresentações extremamente originais: um estojo musical criado em 1958, outro em forma de boné de marinheiro...


BOURJOIS « L’AMI DES DAMES »
Este foi o nome dado a um kit de maquiagem extremamente prático criado em 1890: Bourjois se preocupava já em simplificar a beleza e em facilitar a vida das mulheres. Tratava-se de uma pequena caixinha cilíndrica azul escura que continha um batom, um pó, uma esponja e um khôl para os olhos. Em versão mais estreita e fina, Bourjois também concebeu uma paleta com um espelho, um mini batom, uma mini esponja feita de pena de cisne e provadores de pó: formatos nômades e elegantes.



BOURJOIS ACOMPANHOU AS MULHERES NO MOVIMENTO DE EMANCIPAÇÃO
Durante os anos loucos, época em que as mulheres reivindicaram independência e nova identidade com a moda ‘la garçonne’, Bourjois as acompanhou através da criação de produtos que lhes permitissem afirmar sua personalidade. Em 1936, a marca evocou em uma de suas propagandas o direito ao voto feminino que estava sendo discutida no parlamento francês (este direito foi acordado às mulheres francesas apenas em 1945). 

UMA MARCA MODERNA E DE VANGUARDA
Criando, desde o fim do século XIX, formatos pequeninos ‘minis’, aliando praticidade e design moderno e belo, Bourjois se colocou à frente das outras marcas. Muitos de seus produtos encontram-se entre os mais vendidos mundialmente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário